Publicidade
Publicidade
10/03/2017 às 18h40

'Black Enterprise' destaca Beyoncé como uma das executivas mais poderosas dos EUA

Lista foi elaborada a partir de candidatas em diversas indústrias.
Parkwood é empresa de gerenciamento artístico fundada em 2008.

Beyoncé na 'Formation World Tour' em Atlanta (Foto: Divulgação/Beyoncé)

A revista norte-americana "Black Enterprise" anunciou na última terça-feira, 7, sua lista com as mulheres afro-americanas e empresárias mais poderosas do país.

Um dos destaques foi a presença de Beyoncé creditada como a CEO da Parkwood Entertainment, sua empresa de gerenciamento artístico fundada em 2008 e responsável por administrar a carreira da artista.

A lista final foi elaborada a partir de milhares de potenciais candidatas em diversas indústrias, incluindo os setores de finanças, farmacêutica e varejo.

Essas executivas têm autoridade sobre orçamentos que totalizam bilhões de dólares e controlam subsidiárias, divisões ou departamentos que afetam a saúde fiscal e a direção de seus negócios.

Entre outros nomes da lista estão Debbie Roberts, Presidente do McDonald's na costa leste dos EUA; Channing Dungey, Presidente da ABC Entertainment, Walt Disney Co.; Lisa Borders, Presidente da WNBA; Bozoma Saint John, Chefe de Marketing Global da Apple Music, Apple Inc., e Oprah Winfrey, CEO da Harpo Inc.

No mercado desde a década de 1970, a "Black Enterprise" é a principal fonte de negócios, investimentos e construção de riqueza para os afro-americanos.

Publicidade
Os comentários são de total responsabilidade de seus respectivos autores, o BEYHIVE.com.br não se responsabiliza pelas opiniões de terceiros. Reservamos-nos o direito de moderar os comentários aqui publicados, qualquer conteúdo ofensivo (a uma entidade ou pessoa) ou ilegal será deletado e o autor impedido permanentemente de comentar em todo o site.