Publicidade
Publicidade
08/04/2016 às 11h02 08/04/2016 às 11h13

Beyoncé processa empresa por vender produtos com a palavra 'Feyoncé'

'A conduta dos réus é intencional e fraudulenta', diz a ação.
Produtos usam frase de famosa canção de Beyoncé.

A agência de notícias Reuters informou que Beyoncé entrou com uma ação na justiça contra a empresa norte-americana "Feyoncé", responsável por vender camisas, canecas e outros produtos com o termo semelhante ao nome da cantora.

Os advogados da cantora apresentaram uma queixa no tribunal federal de Manhattan, alegando que a Feyonce Inc "confunde os consumidores, causando danos irreparáveis à artista, e que os réus têm ignorado seus pedidos para parar [de vender os produtos]."

Não é apenas ao nome de Beyoncé que as mercadorias se assemelham; entre os produtos da empresa, há uma caneca com a frase "he put a ring on it" - referência à canção "Single Ladies (Put a Ring on It)".

Caneca 'Feyoncé' usa letra de canção da Beyoncé (Foto: Reprodução)

"Os réus adotaram a marca Feyonce para chamar a atenção para Beyoncé e sua famosa canção. A conduta dos réus aqui descritos é intencional, fraudulenta, maliciosa e arbitrária. Com o objetivo de capitalizar da notoriedade de 'Single Ladies', com seu famoso trecho 'put a ring on it', os réus estão vendendo mercadoria que ostenta a marca 'FEYONCE?' - um erro de ortografia intencional com a palavra "fiancée" (noiva, em inglês), destinando-se assemelhar com Beyoncé e sua famosa canção, solidificando ainda mais a conexão entre a cantora e os produtos não autorizados," diz a ação judicial.

Em outubro do ano passado, foi divulgado que Beyoncé, Jay Z, Kanye e Rihanna estavam processando outra loja que vendia itens com seus nomes e imagens.

 

Publicidade
Os comentários são de total responsabilidade de seus respectivos autores, o BEYHIVE.com.br não se responsabiliza pelas opiniões de terceiros. Reservamos-nos o direito de moderar os comentários aqui publicados, qualquer conteúdo ofensivo (a uma entidade ou pessoa) ou ilegal será deletado e o autor impedido permanentemente de comentar em todo o site.