Publicidade
Publicidade
05/03/2017 às 21h58

Agora criticada, fãs relembram quando Emma Watson criticou vídeos e feminismo de Beyoncé

Atriz desaprovou cenas do álbum visual da cantora lançado em 2013.
Fãs chamam Watson de hipócrita após topless em fotos de revista.

Na semana passada, a revista Vanity Fair divulgou a capa da sua edição de abril com a protagonista do filme "A Bela e a Fera", Emma Watson. Porém, uma foto em particular chamou a atenção do público.

A imagem em questão (abaixo) traz Watson vestindo apenas uma peça branca sobre os ombros, deixando à mostra parte de seus seios.

Emma Watson para a Vanity Fair (Foto: Vanity Fair/Tim Walker)

Embora ela não esteja exibindo nada que nunca tenha sido visto e replicado por estrelas de Hollywood, algumas pessoas mostraram insatisfação com a decisão da atriz, alegando que exibir o corpo dessa maneira era uma direta contradição à sua posição de feminista.

"Sobre a controvérsia da sessão de fotos da Emma Watson para a Vanity Fair: estou confusa como mulheres liberais se traduz em ficar de topless. #Desapontada", compartilhou uma usuária do Twitter.

No entanto, um grupo critica a atriz por um motivo diferente: a BEYHIVE. Foi lembrado que em 2014, após o lançamento do álbum visual de Beyoncé, Emma Watson deu uma ríspida declaração sobre o feminismo da cantora.

Watson disse que ficou conflitada com o projeto de Beyoncé, alegando que a mensagem entra em desacordo uma vez que Beyoncé se dizia feminista enquanto oferecia ao seu público uma visão masculina e voyeurista sobre ela.

Emma Watson fala sobre álbum visual da Beyoncé (Foto: Reprodução)

"Conforme eu assistia [o álbum visual da Beyoncé], eu me senti muito conflitada, senti sua mensagem muito divergente no sentido de que por um lado ela se coloca na categoria de feminista, mas então a câmera parece muito masculina, uma visão masculina e voyeurista sobre ela," disse Emma Watson.

"Eu não sei o que os seios da Beyoncé tem a ver com feminismo também, querida. E ainda sim você ficou "conflitada" com ela", disse uma conta na rede social.

"Emma Watson criticou Beyoncé por ter um álbum 'sexual' e agora ela está fazendo topless na Vanity Fair. Que hipocrisia.", disse uma mulher no Twitter. "Espere aí. Então antes da Emma Watson fazer aquelas fotos para a Vanity Fair, ela criticou Beyoncé por usar roupas curtas?", retrucou outra.

Encarte do álbum

As pessoas também criticaram o fato de Watson, uma mulher branca, criticar Beyoncé como membro de um grupo que há muito tempo luta contra estereótipos de hipersexualidade.

"Emma Watson dizendo para Beyoncé se cobrir e que ela não é feminista, e depois posando topless é tão 'feminista branca'. É triste."

"Feminista branca, Emma Watson, que rejeitou o comportamento sexual de Beyoncé está chateada agora que o mesmo conceito errado está sendo usado contra ela."

Mas Beyoncé não foi a única a ser desaprovada pela atriz. Em uma entrevista há alguns anos, Watson falou sobre mulheres que usam roupas menos modestas, dizendo que ela se sente desconfortável de mini-saia e que usar roupa reveladora não era sexy. "O que é sexy em dizer: 'Eu estou aqui com meus peitos de fora e uma saia curta... viram tudo que eu tenho?", ela disse.

"Emma Watson é hipócrita e seu feminismo é tão sem graça. Eu não acredito que vocês a levam a sério."

Agora, ao ser questionada sobre os comentários da foto em uma recente entrevista, Watson mostrou-se intensa, dizendo: "Eu sou sempre meio calmamente atordoada. As pessoas estavam dizendo que eu não poderia ser feminista e... ter peitos."

A atriz não falou sobre suas declarações anteriores, mas expressou o que o feminismo significa para ela hoje: "Feminismo é dar a escolha para as mulheres. Feminismo não é uma vara para bater em outras mulheres. É liberdade, liberação, igualdade. Eu não sei o que os meus peitos têm a ver com isso. É muito confuso".

Artigo traduzido do site Brit+Co.

Publicidade
Os comentários são de total responsabilidade de seus respectivos autores, o BEYHIVE.com.br não se responsabiliza pelas opiniões de terceiros. Reservamos-nos o direito de moderar os comentários aqui publicados, qualquer conteúdo ofensivo (a uma entidade ou pessoa) ou ilegal será deletado e o autor impedido permanentemente de comentar em todo o site.