Publicidade
Publicidade
16/02/2016 às 16h27 16/02/2016 às 21h21

Apenas três pessoas comparecem em protesto contra Beyoncé em NY

Evento acabou virando protesto a favor da cantora.
De acordo com a fonte, apenas três protestantes apareceram.

Protestantes não apareceram em movimento contra Beyoncé (Foto: Reprodução)

Desde que Beyoncé apresentou "Formation" no intervalo do Super Bowl 50, alguns americanos começaram a organizar um boicote contra a cantora por levar uma discussão política ao evento mais assistido dos Estados Unidos e representar, através do figurino das dançarinas, os integrantes do Partido dos Panteras Negras (Black Panther Party), uma organização revolucionária norte-americana ligada ao nacionalismo negro. O partido foi fundado com o objetivo de patrulhar guetos negros para proteger os residentes dos atos de brutalidade da polícia.

Nessa terça-feira, 16, o maior protesto organizado aconteceria na sede da Liga de Futebol Americano (NFL), em Nova Iorque, por deixar a cantora fazer a "polêmica" apresentação no grande jogo que aconteceu em 7 de fevereiro.

De acordo com a New York Magazine, apenas três protestantes apareceram e acabaram deixando o local logo em seguida, sendo um deles apenas um pedestre que casualmente passava pela calçada.

BEYONCÉ CANTA 'FORMATION' NO SUPER BOWL 50; ASSISTA

O evento acabou se tornando um protesto "anti-anti-Beyoncé" e os fãs da diva se reuniram nas ruas para protestar a favor da luta apoiada por Beyoncé.

Os cartazes levados pelos fãs brincavam com a ausência dos protestantes e questionavam: "Por que as pessoas têm medo do orgulho negro?".

"Formation" continua crescendo nas rádios norte-americanas sem divulgação e cinco shows da nova turnê de Beyoncé esgotaram nas primeiras horas de venda.

Fãs se reúnem a favor de Beyoncé na sede da NFL (Foto: Reprodução)

Publicidade
Os comentários são de total responsabilidade de seus respectivos autores, o BEYHIVE.com.br não se responsabiliza pelas opiniões de terceiros. Reservamos-nos o direito de moderar os comentários aqui publicados, qualquer conteúdo ofensivo (a uma entidade ou pessoa) ou ilegal será deletado e o autor impedido permanentemente de comentar em todo o site.