Publicidade
Publicidade
07/02/2017 às 22h22 07/02/2017 às 22h37

Beyoncé é processada por utilizar voz de falecido youtuber em 'Formation', diz site

Messy Mya foi assassinado em 2010, em Nova Orleans.
Segundo site, cantora foi procurada pelos representantes.

De acordo com o site TMZ, Beyoncé está sendo processada pelos representantes do youtuber Anthony Barré (conhecido como Messy Mya), assassinado em 2010. A cantora utilizou a voz da personalidade natural de Nova Orleans na canção "Formation".

A ação alega que Beyoncé não pediu permissão para usar a voz de Barré, publicada em um vídeo de 2010 no canal do youtuber. Na música, é possível ouvir a voz dele nas frases "What happened after New Orleans?" e "Bitch, I'm back. By popular demand".

Messy Mya era uma figura conhecida no YouTube com seus cabelos fluorescentes. Ele fazia vídeos de humor e também de assuntos sérios como a violência em seu bairro. Em um dos vídeos, ele chegou a prever que sua morte era iminente, notando que jovens em Nova Orleans não tinham longa expectativa de vida.

No dia anterior a sua morte, ele publicou uma mensagem sobre um amigo que tinha morrido recentemente e disse: "Estarei lá em breve". Infelizmente, nem sempre Messy era popular; seus vídeos, às vezes, ofendiam algumas pessoas. Ele foi morto a tiros ao sair do chá de bebê de seu filho em novembro de 2010.

Segundo o site, os representantes tentaram contatar a cantora e não tiveram resposta. O processo pede "mais de 20 milhões de dólares em royalties e outros danos".

O portal Pitchfork tentou contato com a equipe de Beyoncé para falar sobre o assunto.

Publicidade
Os comentários são de total responsabilidade de seus respectivos autores, o BEYHIVE.com.br não se responsabiliza pelas opiniões de terceiros. Reservamos-nos o direito de moderar os comentários aqui publicados, qualquer conteúdo ofensivo (a uma entidade ou pessoa) ou ilegal será deletado e o autor impedido permanentemente de comentar em todo o site.